A Vida Fraterna

A Betânia evangélica era a casa de Marta, Maria e Lazaro: duas irmãs e um irmão que gozavam da presença de Jesus de Nazaré e de sua amizade vivenciada num clima familiar.
Nossa Betânia é a casa de irmãos e de irmãs que partilham a mesma vida invocando todos os dias a presença de Cristo.
A vida fraterna é o primeiro âmbito do acolhimento que deve realizar-se principalmente para com o irmão e a irmã que o Senhor pôs ao nosso lado.

Portanto “irmão” e “irmã” não são simplesmente um título e sim aquilo que realmente somos e que somos chamados a realizar perante nós mesmos, as pessoas e a Igreja.
É o banco de testes para a coerência da vida cristã, é o âmbito certo onde realizar o amor de Deus e um espelho no qual espelhamos nossas próprias misérias e exercitamos todas as virtudes.
É também arrimo de nossa vocação e de nosso compromisso primário de evangelização pois sendo um único Instituto de irmãos – sacerdotes e leigos – e de irmãs somos testemunhas de comunhão.